segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

..:: BOAS FESTAS ::..

Aos colaboradores, amigos e membros da REMIC-DF.

Que neste Natal possamos refletir sobre o verdadeiro sentido desta data: o nascimento de Cristo e, com ele, nossa salvação. Ultrapassando as leituras comuns, indo além dos presentes, árvores e enfeites natalinos, que possamos demonstrar e praticar bondade, compaixão, solidariedade e amor.

2011 está chegando e com ele podemos renovar compromissos antigos e firmar novos objetivos. Esperamos que ele nos reserve bons momentos, desejadas conquistas e reiteradas alegrias!

Estes são os desejos do Conselho Gestor da REMIC-DF para todos vocês e para suas famílias!

Boas festas a todos!

Atenciosamente,

Ana Lourdes Costa e Rafaela Gueiros
----------------------------
Conselho Gestor da REMIC-DF
Rede de Educadores em Museus e Instituições Culturais do Distrito Federal


sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

OFICINA ..:: Projetos Culturais ::..

OFICINA BÁSICA DE FORMATAÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS (gratuito)
ESPAÇO MOSAICO

Ministrante: Cláudio Chinaski – Diretor do Espaço Cultural Mosaico e produtor cultural com larga experiência  na formatação, administração e elaboração de projetos para diversas leis de incentivo à cultura locais e nacionais, bem como todas as modalidades de apoio a atividades culturais em todas as instâncias do governo, além de captação de recursos e prestação de contas.

Estrutura da Oficina

1. Tema: Princípios básicos na elaboração de projetos culturais
2. Ementa: a oficina abrange os conceitos, conhecimentos e ferramentas básicas para planejar, executar e acompanhar projetos na área de cultura.
3. Objetivos: Apresentar os princípios básicos para elaboração de projetos culturais.

Público Alvo: Produtores e Agentes Culturais e interessados em geral. Não é necessário experiência com projetos.
Número de participantes: 30
Dia: 22 de dezembo
Hora: 19h às 22h
Material necessário– Papel e caneta
Acesso: Gratuito
Local: Espaço Cultural Mosaico
             SCRN 714/15 BL. D LJ 16
              61 – 3032 1330
Carga horária: 3 horas-aula.


sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

DIVULGANDO ..:: Notícias IMPORTANTES ::..

FIQUEM ATENTOS ÀS NOTÍCIAS

Seguem duas divulgações que acreditamos serem do interesse dos membros e colaboradores da REMIC-DF. Aproveitem e participem!
 
-------------------------------------------------

Oficina Inclusão de Públicos Especiais em Espaços Culturais

O quê:
subsídios para planejamento de ações educativas dirigidas aos públicos especiais
Quando: 11 e 12 de dezembro, das 10h às 13h e das 14h às 19h
Onde: Caixa Cultural Brasília. End: SBS quadra 4, lote 3/4, ed. Anexo da Matriz, Brasília (DF)
Informações: (61) 3206-9450, (61) 3206-9448 e (61) 3206-9892
Inscrições: clique aqui para efetuar sua inscrição. Para concluir a inscrição é necessária a doação de uma lata de leite em pó ou o pagamento da taxa de R$ 10,00 no primeiro dia do curso.

-------------------------------------------------
 
Edital seleciona estudantes para intercâmbio em Cuba

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), em parceria com o Programa Ibermuseus e com o Centro Provincial de Patrimônio Cultural de Granma/Cuba (CPPC), selecionará quatro estudantes de Museologia para intercâmbio Brasil-Cuba. O programa de intercâmbio será realizado em fevereiro de 2011, durante um mês, em museus de Granma, Cuba.

As inscrições poderão ser realizadas a partir desta segunda-feira, 13/12, até o dia 26/12.

O objetivo do intercâmbio é promover a troca de informações e experiências, propiciando aos interessados a oportunidade de aprofundar-se na cultura e ampliar seus conhecimentos na área de conservação preventiva.

As despesas relativas às passagens de ida e volta, translado, alimentação e hospedagem serão aportadas pela organização do projeto de intercâmbio. Além disso, os estudantes selecionados contarão com materiais fornecidos pelo Programa Ibermuseus.

O intercâmbio é resultado do acordo de cooperação firmado em fevereiro deste ano entre o Ibram e o CPPC, que prevê a realização de atividades de cooperação na área museológica.

Ibermuseus – O Programa Ibermuseus é uma iniciativa de cooperação e integração dos países ibero-americanos para o fomento e articulação de políticas públicas para a área da Museologia. A criação do programa foi uma proposta do Brasil. É o primeiro programa de cooperação cultural coordenado pelo nosso País. Vinculado à Secreatria Geral Iberoamericana, conta com o apoio técnico da Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) e do Ibram/MinC.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

CONVITE ..:: MUVUCA no Museu Vivo da Memória Canndanga ::..


Dia 11 de dezembro, Sábado.

A MUVIMECA
Associação de Amigos do
Museu Vivo da Memória Candanga

Convida a todos para um
dia de confraternização no Museu.

10h                        Cinema Brasileiro Infantil – reprise
10h - 17h             Exposição e venda de trabalhos de cerâmica e gravura.
10h - 17h             Brechó.
11h30                    Cantor George Durand.
12h30                   Feijoada – Venda antecipada de convites R$ 15,00.
15h                         Cinema Brasileiro com o Filme “Bete Balanço”.

Informações 3301-3590

Clique aqui para saber como chegar ao Museu.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

CONVITE ..:: VI Encontro de Educadores Ambientais do DF ::..




Convidamos você a participar nos dias 25 e 26/11 do VI Encontro de Educadores Ambientais do DF (para conferir a programação, clique aqui).

A Tríade, que já participou de programações da REMIC-DF, ministrará, na manhã do dia 26, a Oficina Cultura e Patrimônio.
  
Inscrição gratuita no site www.aspeadf.org.br até  o dia 24/11.

Esperamos por você.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

CONVITE ..:: Programa Conhecendo os Museus do DF ::..


O Distrito Federal sedia 67 instituições museológicas. Tramita na Câmara Legislativa Projeto de Lei que dispõe sobre a criação do Sistema de Museus do Distrito Federal. Atenta a essa realidade e no intuito de dar continuidade às suas ações na área de Museologia, a Diretoria de Gestão do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural – DIGEPHAC lançou o Programa Conhecendo os Museus do DF, que tem como objetivos estabelecer canais de discussão sobre a realidade dessas instituições, promover a interação e a troca de experiências entre os profissionais, aumentar a visitação nesses espaços, consolidando-os no circuito de turismo do DF.

Os museus inscritos e visitados em 2010 foram:

- 17/08 - Museu da Imprensa (SIG QD 06, Lote 800);

- 31/08 - Museu Vivo da Memória Candanga (EPIA SUL, SPMS, Lote D - Núcleo Bandeirante);

- 14/09 - Museu do Automóvel (SGON QD 01, Nº 205, próximo à Escola de Governo do DF - EGOV);

- 28/09 - Museu da Limpeza Urbana (QNP 28, Área Especial s/nº, Usina de Reciclagem, P. Sul - Ceilândia);

- 13/10 - Museu Histórico e Artístico de Planaltina (Pç. Salviano Monteiro, Nº 24, Setor Tradicional - Planaltina);

- 26/10 - Museu Ariovaldo Vulcano (SGAS 913, Módulo 60/61, Sede Grande Oriente do Brasil);

- 09/11 - Museu do Catetinho (Km 0 - BR 040/ Gama - DF).

A última visita da programação de 2010 acontecerá no dia 23/11, ao Museu de Valores do Banco Central (SBS Qd. 03 - Edifício Sede do Banco Central), às 9h30min. 
(Observação: será necessária a apresentação de documento de identificação para acesso ao prédio)
 
Não é necessário fazer inscrição para participar da visita. Compareça! Divulgue!

Diretoria de Gestão do Patrimônio Histórico Artístico e Cultural – DIGEPHAC
Secretaria de Estado de Cultura do DF
diretoriadepatrimonio@gmail.com 
3325-6281 ou 3325-6231

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

MOSTRA DE FILMES ..:: Biblioteca Demonstrativa Maria Coeli ::..


A Biblioteca Demonstrativa de Brasília, ainda comemorando os 50 anos de Brasília, convida  para a Mostra de filmes da cineasta Maria Coeli. Nesta sessão que se realizará no dia 22 de novembro (2ª feira), será apresentado o vídeo “Honestino”.

A sessão terá início às 19h30 na Biblioteca (Av. W3 Sul EQ 506/507) com Entrada Franca. A indicação de faixa etária para o evento é livre.

“Honestino” é um relato da vida e luta de Honestino Guimarães, estudante que liderou movimentos de resistência à ditadura no Brasil de 1968. Amigos e companheiros da época desvendam um pouco da história política do país, que os tempos obscuros dos anos 60/70 tentaram esconder. O vídeo foi premiado pelo concurso UnB 30 anos.

Maria Coeli veio de Belo Horizonte para Brasília com 17 anos e aqui descobriu sua vocação. Veio para estudar Arquitetura mas formou-se em Comunicação Social e Educação Artística. Dedica-se a educação, cultura, cinema, teatro, poesia, pintura e escultura no Distrito Federal.

Maiores informações pelo telefone 3244-3015.

Contamos com sua presença!

Maria da Conceição Moreira Salles
Coordenadora
Biblioteca Demonstrativa de Brasília

terça-feira, 16 de novembro de 2010

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Aprovação do Plano Nacional de Cultura


A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal aprovou nesta terça-feira, 9 de novembro, por unanimidade, o projeto de lei (PL) que sistematiza o Plano Nacional de Cultura (PNC). O texto, em tramitação no Legislativo desde 2006, é uma construção coletiva dos parlamentares com o Ministério da Cultura (MinC), com o objetivo de definir as diretrizes da política cultural pelos próximos 10 anos.

O projeto tramita em caráter terminativo e segue agora para sanção presidencial. Como não houve alterações no Senado Federal, não será necessário votar novamente na Câmara. Para o ministro da Cultura, Juca Ferreira, a aprovação do PNC é uma vitória porque institucionaliza os avanços obtidos nos últimos anos pelo governo federal na área da cultura e garante a continuidade das políticas culturais no Brasil.

O PNC está previsto na Constituição Federal desde a aprovação da emenda constitucional 48 em 2005 – que instituiu o Plano e seus objetivos – e tem por finalidade o planejamento e implementação de políticas públicas de longo prazo voltadas à proteção e promoção da diversidade cultural brasileira. O PL aprovado traz as diretrizes elaboradas e pactuadas entre Estado e sociedade, por meio da realização de pesquisas e estudos e de debates e encontros participativos como a 1ª Conferência Nacional de Cultura, Câmaras Setoriais, Fóruns e Seminários. Já a o texto foi um trabalho em parceria entre os Poderes Legislativo e Executivo.

Conheça os principais projetos da Cultura em tramitação no Congresso Nacional:

Sistema Nacional de Cultura – A Comissão Especial da Câmara que analisa o SNC aprovou o substitutivo do relator, deputado federal Rubem Santiago, no dia 14 de abril. A PEC 416/2005 será votada em dois turnos na Câmara e seguirá para o Senado. A Proposta de Emenda à Constituição institucionaliza a cooperação entre a União, os Estados e os Municípios para formular, fomentar e executar as políticas culturais, de forma compartilhada e pactuada com a sociedade civil.

PEC 150/2003 – A Proposta de Emenda à Constituição (PEC 150/2003) foi aprovada na Comissão Especial e está na Mesa da Câmara para ser votada em plenário, em dois turnos. Depois será encaminhada ao Senado. A PEC é uma iniciativa dos mais de 400 deputados e senadores de todos os partidos integrantes da Frente Parlamentar Mista da Cultura, que estabelece um piso mínimo de 2% do orçamento federal; 1,5% do orçamento estadual e 1% do orçamento municipal para a cultura. Conta com o apoio de artistas e produtores de todo o país.

Vale-Cultura – Primeira política pública voltada para o consumo cultural, o Vale-Cultura, no valor de R$ 50, possibilitará aos trabalhadores adquirir ingressos de cinema, teatro, museu, shows, livros, CDs e DVDs, entre outros produtos culturais. O projeto de lei nº 5798/2009 foi aprovado na Câmara dos Deputados em outubro do ano passado, com emendas que estenderam o benefício a servidores públicos federais, a estagiários e também a aposentados, sendo que para estes o valor é de R$ 30. No Senado, o projeto recebeu duas emendas que ampliam o leque de serviços e produtos culturais previstos na proposta do Poder Executivo, incluindo periódicos. As emendas dos senadores foram aprovadas pelas comissões que analisam a matéria na Câmara. O PL segue para votação em plenário e, posteriormente, para sanção do presidente da República. Confira mais detalhes no Blog do Vale-Cultura.

Cultura como Direito Social - Proposta que reconhece a Cultura como direito social na Constituição Federal (PEC 236/2008), aguarda constituição da comissão especial que vai analisá-la na Câmara dos Deputados.

Procultura – Após uma ampla e democrática consulta pública, o projeto de atualização da Lei Rouanet pretende corrigir as distorções na lei atual. As principais alterações são o fortalecimento e desburocratização do Fundo Nacional de Cultura, a democratização do acesso à produção cultural e o estímulo para que o setor privado invista na economia da cultura. A matéria foi anexada ao PL 1139/2007 e aprovada na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio da Câmara dos Deputados. Sua tramitação tem regime de prioridade e caráter conclusivo. Agora será analisada pela Comissão de Educação e Cultura (CEC), depois segue para apreciação nas comissões de Finanças e Tributação e de Constituição e Justiça e de Cidadania, antes de ir para o Senado.

Fundo Social do Pré-Sal – O PL 5940/09 foi aprovado com emendas no Senado Federal e retornou à Câmara dos Deputados para apreciação das modificações. O projeto prevê que uma parte dos recursos arrecadados com a exploração da camada de petróleo Pré-Sal será destinada à cultura. O Fundo também beneficiará ações de combate à pobreza, ciência e tecnologia, educação e meio ambiente.

O anteprojeto que moderniza a Lei de Direito Autoral (Lei 9.610/1998) esteve em consulta pública. A proposta visa promover o equilíbrio entre o direito de quem cria, o direito de quem investe e o direito de toda sociedade de ter acesso à cultura, à informação e ao conhecimento.

O Simples da Cultura foi aprovado pelo Congresso Nacional em dezembro do ano passado e tornou-se a Lei 133/2009. Reduz a carga tributária para produções cinematográficas, artísticas e culturais, corrige uma distorção criada em dezembro de 2008, quando o setor foi enquadrado de forma inadequada no chamado Supersimples. A alíquota mínima passa a ser de 6%, em vez de 17,5%. Dados do IBGE indicam que 5% das empresas brasileiras desempenham atividades culturais. O setor emprega mais de 1 milhão de pessoas.

Fonte: Assessoria de Comunicação, Ibram/MinC

Data de Publicação: 09/11/2010

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

DIVULGANDO ..:: Seminário "Museu da Educação do DF: uma realidade em construção" ::..


Temos a satisfação de convidá-los para o Seminário "Museu da Educação do Distrito Federal: Uma realidade em construção", a ser promovido pela equipe vinculada ao projeto "Memória da Educação do Distrito Federal" no dia 09 de novembro de 2010,das 8h30 às 18h, no Auditório da Faculdade da Ciência da Informação (ao lado da BCE - Biblioteca Central).

O Seminário em questão tem a finalidade de promover ampla discussão sobre o plano museológico formulado para o Museu da Educação do Distrito Federal, que terá sede na Candangolândia, mediante a reconstrução da Escola Júlia Kubitschek - a primeira escola pública do DF. O debate acerca do tema fundamentar-se-á na concepção do Museu como espaço de memória viva da ação educativa dos pioneiros da nova Capital e de valorização do professor.

A programação do Seminário prevê a realização de duas mesas-redondas: uma, pela manhã, das 08h30 às 12h00, que versará sobre o tema “Projeto Museológico do Museu da Educação do Distrito Federal: espaço de memória, pesquisa e educação”; e outra, à tarde, de 14h30 às 18h00, intitulada “Museu da Educação: espaço de práticas a serviço da sociedade”.

As inscrições para o Seminário poderão ser efetuadas pelo endereço eletrônico www.semanadeextensao.unb.br  ou diretamente, na data de realização do Seminário a partir das 08h00. Confira a programação clicando aqui.

RESUMO
08h30 - 18h
Seminário
Museu da Educação do Distrito Federal
Coordenador: Eva Waisros Pereira
Público: Pesquisadores, professores, estudantes, professores pioneiros, docentes em exercício na rede pública de ensino, comunidade da Candangolândia e público em geral.
Unidade Executora: Faculdade de Educação - FE
Objetivo: Socializar o plano museológico do Museu da Educação do Distrito Federal, com vistas a buscar subsídios para o seu aprimoramento e dar legitimidade à instituição.
Local: Biblioteca Central - BCE, Auditório da Faculdade da Ciência da Informação


quinta-feira, 4 de novembro de 2010

CONVITE ..:: 14º Encontro REMIC-DF ::..


A Rede de Educadores em Museus e Instituições Culturais do Distrito Federal – REMIC-DF, surgiu em 2008, a partir de experiências bem sucedidas como a Rede de Educadores em Museus do Rio de Janeiro – REM, com o propósito de integrar os profissionais que atuam junto a projetos de cunho educativo e/ou patrimonial em museus e instituições culturais de Brasília e do entorno.

Convictos de que a educação é o mais eficiente recurso no enfrentamento dos problemas e desafios gerados pela sociedade contemporânea globalizada, a REMIC-DF se propõe a ser mais um instrumento de integração e desenvolvimento dos profissionais e ações educativas realizadas nos espaços de educação não formal. Entre suas atividades, a REMIC-DF realiza encontros mensais com o objetivo de congregar, discutir e refletir sobre as práticas educativas e/ou patrimoniais em Museus e Instituições Culturais no Distrito Federal e região do Entorno.

É com esse intuito que a REMIC-DF convida estudantes, mediadores, educadores, técnicos e demais profissionais de Museus e Instituições Culturais para seu 14º Encontro a ser realizado no dia 04 de Novembro (quinta-feira) no Auditório da Faculdade de Ciência da Informação (ao lado da Biblioteca Central - UnB), às 16h, integrando a programação do II Ciclo de Palestras do Curso de Museologia da UnB. Acompanhando o tema do evento, convidamos os palestrantes Juliana Teixeira (REM-RJ) e Aterlane Martins (REM-CE), integrantes de redes parceiras, para, junto com a REMIC-DF, compartilharem as ações e iniciativas promovidas em seus estados em prol da articulação e formação dos profissionais da Educação em Museus e Instituições Culturais. Para conferir a programação completa do II Ciclo de Palestras, acesse a postagem anterior do nosso blog.

Maiores informações: remicdf@gmail.com 

RESUMO
Local: Auditório da Faculdade de Ciência da Informação (ao lado da Biblioteca Central - UnB)
Data: 04 de Novembro de 2010
Horário: 16 horas
Público alvo: guias turísticos, professores, estudantes, mediadores, educadores, técnicos e demais profissionais de Museus e Instituições Culturais e público interessado – não é necessário inscrição, evento aberto ao público.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

DIVULGANDO ..:: Aula Magna Museologia UnB 2010.2 | II Ciclo de Palestras | 14º Encontro REMIC-DF ::..


A Rede de Educadores em Museus e Instituições Culturais do Distrito Federal tem o prazer de convidá-los e também divulgar a realização da Aula Magna da turma 2010.2 do Curso de Museologia da Universidade de Brasília que acontecerá amanhã à noite. A Aula Marga abrirá a programação do II Ciclo de Palestras do curso que terá como tema a Educação em Museus. Com nomes de importância nacional e internacional na área, o evento também contará com a participação da REMIC-DF, realizando seu 14º Encontro, integrando a programação do dia 04 de novembro. O evento é aberto ao público, não havendo necessidade de inscrição. 

Para maiores informações: remicdf@gmail.com. Acesse a programação completa clicando aqui.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

DIVULGANDO ..:: Conhecendo os Museus do DF ::..


O Distrito Federal sedia 67 instituições museológicas. Tramita na Câmara Legislativa Projeto de Lei que dispõe sobre a criação do Sistema de Museus do Distrito Federal. Atenta a essa realidade e no intuito de dar continuidade às suas ações na área de Museologia, a Diretoria de Gestão do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural – DIGEPHAC lançou o Programa Conhecendo os Museus do DF, que tem como objetivos estabelecer canais de discussão sobre a realidade dessas instituições, promover a interação e a troca de experiências entre os profissionais, aumentar a visitação nesses espaços, consolidando-os no circuito de turismo do DF.

A seguir, a programação completa:

- 26/10/2010 às 15h: Museu Ariovaldo Vulcano (SGAS 913, Módulo 60/61, Sede Grande Oriente do Brasil);

- 23/11/2010 às 9h30min: Museu de Valores do Banco Central (SBS QD 03, Edifício Sede do Banco Central). Obs.: Levar documento de identidade.

Encontros que já aconteceram:

- 17/08/2010 às 15h: Museu da Imprensa (SIG QD 06, Lote 800);

- 31/08/2010 às 14h30min: Museu Vivo da Memória Candanga (EPIA SUL, SPMS, Lote D - Núcleo Bandeirante);

- 14/09/2010 às 9h: Museu do Automóvel (SGON QD 01, Nº 205, próximo à Escola de Governo do DF - EGOV);

- 28/09/2010 às 9h30min: Museu da Limpeza Urbana (QNP 28, Área Especial s/nº, Usina de Reciclagem, P. Sul - Ceilândia);

- 13/10/2010 às 15h: Museu Histórico e Artístico de Planaltina (Pç. Salviano Monteiro, Nº 24, Setor Tradicional - Planaltina);

Não é necessário fazer inscrição para participar da visita. Compareça! Divulgue!

Para inscrever o museu em que você atua entre em contato com a DIGEPHAC. A programação de 2010 ainda dispõe da data de 09 de novembro.



Diretoria de Gestão do Patrimônio Histórico Artístico e Cultural – DIGEPHAC
Secretaria de Estado de Cultura do DF
diretoriadepatrimonio@gmail.com – 3325-6281 ou 3325-6231

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

DIVULGANDO ..:: Lançamento BRASILÍADA ::..




SOBRE O LIVRO BRASILÍADA

durante a construção de brasília/ o tempo não existia.

A cada poema, letras minúsculas e poucas palavras — suficientes para deslocar certezas e transportar o leitor a outra dimensão, não-lugar onde passado, presente e futuro se fundem e a história oficial se turva diante das visões do autor. Então começa o bombardeio de imagens. Os profetas silenciam, o ufanismo se desmancha. Aos poucos, a capital desmorona dentro do leitor. Em meio às ruínas, o poeta-arqueólogo  junta peças da memória e do desejo para reinventar a cidade inventada. Convém, contudo, não se iludir ao longo da vertiginosa jornada de sucessivos alumbramentos; se o ponto de partida é a Ilíada de Homero e esgares de Clarice e Drummond surgem ao longo do percurso, o guia não enleva nem amacia — prefere  cegar nossas retinas com o que sobrou da própria perplexidade. Não sem humor, percorre antigas  civilizações para confrontá-las com a cidade perdida dos candangos. Emudece oráculos, desenterra carimbos, decifra esfinges, escracha burocratas, desmonta maquetes.

teu passado sou eu/ e tua tradição começa aqui.

Impiedoso, amoroso, amargurado, épico, estoico, apocalíptico, desintegrado; dono do seu labirinto. Eis Nicolas Behr, o homem que pega Brasília pelas asas e a arremessa contra os mitos.

Carlos Marcelo

----------------------------------------------------------

SE VOCÊ ACHA QUE SABE TUDO SOBRE BRASILIA
ACESSE O SITE

domingo, 10 de outubro de 2010

DIVULGANDO ..:: Curso de Formação em Arte-Educação ::..


Confira: participação da REMIC-DF no corpo de palestrantes do I Curso de Formação de Arte-Educadores em Espaços Culturais de Brasília. Inscreva-se! Mais informações em VANGUARDA - Arte-Educação e Cultura


Folder (frente)


Folder (verso)

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

EDITAL ..:: UNESCO - artistas, escritores e músicos ::..

Programa concede bolsas para artistas plásticos, escritores e músicos

O Fundo Internacional para a Promoção da Cultura lançou, no dia 27 de agosto, edital para concessão de bolsas do programa “UNESCO-Aschberg para Artistas”, que promove a mobilidade dos jovens artistas por meio de residências artísticas no exterior.

O edital é aberto a artistas plásticos, escritores e músicos entre 25 e 35 anos de idade. A lista de bolsas disponíveis para 2011 já está disponível. Para ter acesso a ela, bem como para obter instruções completas sobre os procedimentos e prazos de candidatura, entrar em contato pelo endereço eletrônico aschberg@unesco.org. Por esse e-mail, também pode-se esclarecer dúvidas relativas à bolsa de estudos.

domingo, 19 de setembro de 2010

DIVULGANDO ..:: Mostra de filmes da cineasta MARIA COELI ::..

A Biblioteca Demonstrativa de Brasília, ainda comemorando os 50 anos de Brasília, convida V.Sa. e família para uma Mostra de filmes da cineasta Maria Coeli que promoverá, a partir do dia 20 de setembro (2ª feira). Na primeira exibição, serão apresentados os filmes “A história do Núcleo Bandeirante” e “A história de Brazlândia”. A sessão terá início às 19h30 na Biblioteca (Av. W3 Sul EQ 506/507) com Entrada Franca. A indicação de faixa etária para o evento é livre.

Os filmes "A história do Núcleo Bandeirante" e "A história de Brazlândia" fizeram parte de um projeto da Secretaria de Estado da Educação do Distrito Federal chamado "Raízes", desenvolvido entre 1982 e 1983, no Núcleo de Tecnologia dessa secretaria. O objetivo do projeto era mostrar aos estudantes da rede pública o surgimento e o desenvolvimento dessas cidades.

Em “A história do Núcleo Bandeirante“ a narrativa inicia-se com um preâmbulo sobre as dificuldades encontradas pelo então Presidente JK para a construção de Brasília. O filme baseia-se nas reuniões das associações de moradores da cidade que desejavam manter a estrutura original da cidade. O deputado Breno da Silveira (PSB-RJ) sugeriu a solução de criar uma personalidade para a Cidade Livre e como amigo de Jango Goulart foi até ele e conseguiu o ato de criação da primeira cidade satélite do Distrito Federal.  

A história de Brazlândia” é o resultado de uma coleta da história oral de seus personagens pioneiros. Eles próprios não tinham a noção de haver construído a cidade. Brazlândia é mais antiga do que Brasília e situa-se na estrada que liga Formosa e Anápolis. Era um ponto de parada da "jardineira" para os viajantes. Brazlândia fazia parte do município de Luziânia, onde criavam gado e produziam leite, um povo de vocação agrária.

Maria Coeli veio de Belo Horizonte para Brasília com 17 anos e aqui descobriu sua vocação. Veio para estudar Arquitetura mas formou-se em Comunicação Social e Educação Artística. Dedica-se a educação, cultura, cinema, teatro, poesia, pintura e escultura no Distrito Federal.

Maiores informações pelo telefone 3244-3015.

Contamos com sua presença!

domingo, 12 de setembro de 2010

DIVULGADO ..:: Conhecendo os Museus do DF ::..


O Distrito Federal sedia 67 instituições museológicas. Tramita na Câmara Legislativa Projeto de Lei que dispõe sobre a criação do Sistema de Museus do Distrito Federal. Atenta a essa realidade e no intuito de dar continuidade às suas ações na área de Museologia, a Diretoria de Gestão do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural – DIGEPHAC lançou o Programa Conhecendo os Museus do DF, que tem como objetivos estabelecer canais de discussão sobre a realidade dessas instituições, promover a interação e a troca de experiências entre os profissionais, aumentar a visitação nesses espaços, consolidando-os no circuito de turismo do DF.

A terceira visita do Programa será ao Museu do Automóvel dia 14/09, próxima terça-feira, às 9h.

Confira a programação completa e participe:

- 17/08/2010 às 15h: Museu da Imprensa (SIG QD 06, Lote 800);

- 31/08/2010 às 14h30min: Museu Vivo da Memória Candanga (EPIA SUL, SPMS, Lote D - Núcleo Bandeirante);

- 14/09/2010 às 9h: Museu do Automóvel (SGON QD 01, Nº 205, próximo à Escola de Governo do DF - EGOV);

- 28/09/2010 às 9h30min: Museu da Limpeza Urbana (QNP 28, Área Especial s/nº, Usina de Reciclagem, P. Sul - Ceilândia);

- 13/10/2010 às 15h: Museu Histórico e Artístico de Planaltina (Pç. Salviano Monteiro, Nº 24, Setor Tradicional - Planaltina);

- 26/10/2010 às 15h: Museu Ariovaldo Vulcano (SGAS 913, Módulo 60/61, Sede Grande Oriente do Brasil);

- 23/11/2010 às 9h30min: Museu de Valores do Banco Central (SBS QD 03, Edifício Sede do Banco Central). Obs.: Levar documento de identidade.

Não é necessário fazer inscrição para participar da visita. Compareça! Divulgue!

Para inscrever o museu em que você atua entre em contato conosco. A programação de 2010 ainda dispõe da data de 09 de novembro.

Diretoria de Gestão do Patrimônio Histórico Atístico e Cultural - DIGEPHAC
Secretaria de Estado de Cultura do DF
diretoriadepatrimonio@gmail.com / 3325-6281 ou 3325-6231

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

..:: BOAS FESTAS ::..

Aos colaboradores, amigos e membros da REMIC-DF.

Que neste Natal possamos refletir sobre o verdadeiro sentido desta data: o nascimento de Cristo e, com ele, nossa salvação. Ultrapassando as leituras comuns, indo além dos presentes, árvores e enfeites natalinos, que possamos demonstrar e praticar bondade, compaixão, solidariedade e amor.

2011 está chegando e com ele podemos renovar compromissos antigos e firmar novos objetivos. Esperamos que ele nos reserve bons momentos, desejadas conquistas e reiteradas alegrias!

Estes são os desejos do Conselho Gestor da REMIC-DF para todos vocês e para suas famílias!

Boas festas a todos!

Atenciosamente,

Ana Lourdes Costa e Rafaela Gueiros
----------------------------
Conselho Gestor da REMIC-DF
Rede de Educadores em Museus e Instituições Culturais do Distrito Federal


sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

OFICINA ..:: Projetos Culturais ::..

OFICINA BÁSICA DE FORMATAÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS (gratuito)
ESPAÇO MOSAICO

Ministrante: Cláudio Chinaski – Diretor do Espaço Cultural Mosaico e produtor cultural com larga experiência  na formatação, administração e elaboração de projetos para diversas leis de incentivo à cultura locais e nacionais, bem como todas as modalidades de apoio a atividades culturais em todas as instâncias do governo, além de captação de recursos e prestação de contas.

Estrutura da Oficina

1. Tema: Princípios básicos na elaboração de projetos culturais
2. Ementa: a oficina abrange os conceitos, conhecimentos e ferramentas básicas para planejar, executar e acompanhar projetos na área de cultura.
3. Objetivos: Apresentar os princípios básicos para elaboração de projetos culturais.

Público Alvo: Produtores e Agentes Culturais e interessados em geral. Não é necessário experiência com projetos.
Número de participantes: 30
Dia: 22 de dezembo
Hora: 19h às 22h
Material necessário– Papel e caneta
Acesso: Gratuito
Local: Espaço Cultural Mosaico
             SCRN 714/15 BL. D LJ 16
              61 – 3032 1330
Carga horária: 3 horas-aula.


sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

DIVULGANDO ..:: Notícias IMPORTANTES ::..

FIQUEM ATENTOS ÀS NOTÍCIAS

Seguem duas divulgações que acreditamos serem do interesse dos membros e colaboradores da REMIC-DF. Aproveitem e participem!
 
-------------------------------------------------

Oficina Inclusão de Públicos Especiais em Espaços Culturais

O quê:
subsídios para planejamento de ações educativas dirigidas aos públicos especiais
Quando: 11 e 12 de dezembro, das 10h às 13h e das 14h às 19h
Onde: Caixa Cultural Brasília. End: SBS quadra 4, lote 3/4, ed. Anexo da Matriz, Brasília (DF)
Informações: (61) 3206-9450, (61) 3206-9448 e (61) 3206-9892
Inscrições: clique aqui para efetuar sua inscrição. Para concluir a inscrição é necessária a doação de uma lata de leite em pó ou o pagamento da taxa de R$ 10,00 no primeiro dia do curso.

-------------------------------------------------
 
Edital seleciona estudantes para intercâmbio em Cuba

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), em parceria com o Programa Ibermuseus e com o Centro Provincial de Patrimônio Cultural de Granma/Cuba (CPPC), selecionará quatro estudantes de Museologia para intercâmbio Brasil-Cuba. O programa de intercâmbio será realizado em fevereiro de 2011, durante um mês, em museus de Granma, Cuba.

As inscrições poderão ser realizadas a partir desta segunda-feira, 13/12, até o dia 26/12.

O objetivo do intercâmbio é promover a troca de informações e experiências, propiciando aos interessados a oportunidade de aprofundar-se na cultura e ampliar seus conhecimentos na área de conservação preventiva.

As despesas relativas às passagens de ida e volta, translado, alimentação e hospedagem serão aportadas pela organização do projeto de intercâmbio. Além disso, os estudantes selecionados contarão com materiais fornecidos pelo Programa Ibermuseus.

O intercâmbio é resultado do acordo de cooperação firmado em fevereiro deste ano entre o Ibram e o CPPC, que prevê a realização de atividades de cooperação na área museológica.

Ibermuseus – O Programa Ibermuseus é uma iniciativa de cooperação e integração dos países ibero-americanos para o fomento e articulação de políticas públicas para a área da Museologia. A criação do programa foi uma proposta do Brasil. É o primeiro programa de cooperação cultural coordenado pelo nosso País. Vinculado à Secreatria Geral Iberoamericana, conta com o apoio técnico da Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) e do Ibram/MinC.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

CONVITE ..:: MUVUCA no Museu Vivo da Memória Canndanga ::..


Dia 11 de dezembro, Sábado.

A MUVIMECA
Associação de Amigos do
Museu Vivo da Memória Candanga

Convida a todos para um
dia de confraternização no Museu.

10h                        Cinema Brasileiro Infantil – reprise
10h - 17h             Exposição e venda de trabalhos de cerâmica e gravura.
10h - 17h             Brechó.
11h30                    Cantor George Durand.
12h30                   Feijoada – Venda antecipada de convites R$ 15,00.
15h                         Cinema Brasileiro com o Filme “Bete Balanço”.

Informações 3301-3590

Clique aqui para saber como chegar ao Museu.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

CONVITE ..:: VI Encontro de Educadores Ambientais do DF ::..




Convidamos você a participar nos dias 25 e 26/11 do VI Encontro de Educadores Ambientais do DF (para conferir a programação, clique aqui).

A Tríade, que já participou de programações da REMIC-DF, ministrará, na manhã do dia 26, a Oficina Cultura e Patrimônio.
  
Inscrição gratuita no site www.aspeadf.org.br até  o dia 24/11.

Esperamos por você.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

CONVITE ..:: Programa Conhecendo os Museus do DF ::..


O Distrito Federal sedia 67 instituições museológicas. Tramita na Câmara Legislativa Projeto de Lei que dispõe sobre a criação do Sistema de Museus do Distrito Federal. Atenta a essa realidade e no intuito de dar continuidade às suas ações na área de Museologia, a Diretoria de Gestão do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural – DIGEPHAC lançou o Programa Conhecendo os Museus do DF, que tem como objetivos estabelecer canais de discussão sobre a realidade dessas instituições, promover a interação e a troca de experiências entre os profissionais, aumentar a visitação nesses espaços, consolidando-os no circuito de turismo do DF.

Os museus inscritos e visitados em 2010 foram:

- 17/08 - Museu da Imprensa (SIG QD 06, Lote 800);

- 31/08 - Museu Vivo da Memória Candanga (EPIA SUL, SPMS, Lote D - Núcleo Bandeirante);

- 14/09 - Museu do Automóvel (SGON QD 01, Nº 205, próximo à Escola de Governo do DF - EGOV);

- 28/09 - Museu da Limpeza Urbana (QNP 28, Área Especial s/nº, Usina de Reciclagem, P. Sul - Ceilândia);

- 13/10 - Museu Histórico e Artístico de Planaltina (Pç. Salviano Monteiro, Nº 24, Setor Tradicional - Planaltina);

- 26/10 - Museu Ariovaldo Vulcano (SGAS 913, Módulo 60/61, Sede Grande Oriente do Brasil);

- 09/11 - Museu do Catetinho (Km 0 - BR 040/ Gama - DF).

A última visita da programação de 2010 acontecerá no dia 23/11, ao Museu de Valores do Banco Central (SBS Qd. 03 - Edifício Sede do Banco Central), às 9h30min. 
(Observação: será necessária a apresentação de documento de identificação para acesso ao prédio)
 
Não é necessário fazer inscrição para participar da visita. Compareça! Divulgue!

Diretoria de Gestão do Patrimônio Histórico Artístico e Cultural – DIGEPHAC
Secretaria de Estado de Cultura do DF
diretoriadepatrimonio@gmail.com 
3325-6281 ou 3325-6231

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

MOSTRA DE FILMES ..:: Biblioteca Demonstrativa Maria Coeli ::..


A Biblioteca Demonstrativa de Brasília, ainda comemorando os 50 anos de Brasília, convida  para a Mostra de filmes da cineasta Maria Coeli. Nesta sessão que se realizará no dia 22 de novembro (2ª feira), será apresentado o vídeo “Honestino”.

A sessão terá início às 19h30 na Biblioteca (Av. W3 Sul EQ 506/507) com Entrada Franca. A indicação de faixa etária para o evento é livre.

“Honestino” é um relato da vida e luta de Honestino Guimarães, estudante que liderou movimentos de resistência à ditadura no Brasil de 1968. Amigos e companheiros da época desvendam um pouco da história política do país, que os tempos obscuros dos anos 60/70 tentaram esconder. O vídeo foi premiado pelo concurso UnB 30 anos.

Maria Coeli veio de Belo Horizonte para Brasília com 17 anos e aqui descobriu sua vocação. Veio para estudar Arquitetura mas formou-se em Comunicação Social e Educação Artística. Dedica-se a educação, cultura, cinema, teatro, poesia, pintura e escultura no Distrito Federal.

Maiores informações pelo telefone 3244-3015.

Contamos com sua presença!

Maria da Conceição Moreira Salles
Coordenadora
Biblioteca Demonstrativa de Brasília

terça-feira, 16 de novembro de 2010

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Aprovação do Plano Nacional de Cultura


A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal aprovou nesta terça-feira, 9 de novembro, por unanimidade, o projeto de lei (PL) que sistematiza o Plano Nacional de Cultura (PNC). O texto, em tramitação no Legislativo desde 2006, é uma construção coletiva dos parlamentares com o Ministério da Cultura (MinC), com o objetivo de definir as diretrizes da política cultural pelos próximos 10 anos.

O projeto tramita em caráter terminativo e segue agora para sanção presidencial. Como não houve alterações no Senado Federal, não será necessário votar novamente na Câmara. Para o ministro da Cultura, Juca Ferreira, a aprovação do PNC é uma vitória porque institucionaliza os avanços obtidos nos últimos anos pelo governo federal na área da cultura e garante a continuidade das políticas culturais no Brasil.

O PNC está previsto na Constituição Federal desde a aprovação da emenda constitucional 48 em 2005 – que instituiu o Plano e seus objetivos – e tem por finalidade o planejamento e implementação de políticas públicas de longo prazo voltadas à proteção e promoção da diversidade cultural brasileira. O PL aprovado traz as diretrizes elaboradas e pactuadas entre Estado e sociedade, por meio da realização de pesquisas e estudos e de debates e encontros participativos como a 1ª Conferência Nacional de Cultura, Câmaras Setoriais, Fóruns e Seminários. Já a o texto foi um trabalho em parceria entre os Poderes Legislativo e Executivo.

Conheça os principais projetos da Cultura em tramitação no Congresso Nacional:

Sistema Nacional de Cultura – A Comissão Especial da Câmara que analisa o SNC aprovou o substitutivo do relator, deputado federal Rubem Santiago, no dia 14 de abril. A PEC 416/2005 será votada em dois turnos na Câmara e seguirá para o Senado. A Proposta de Emenda à Constituição institucionaliza a cooperação entre a União, os Estados e os Municípios para formular, fomentar e executar as políticas culturais, de forma compartilhada e pactuada com a sociedade civil.

PEC 150/2003 – A Proposta de Emenda à Constituição (PEC 150/2003) foi aprovada na Comissão Especial e está na Mesa da Câmara para ser votada em plenário, em dois turnos. Depois será encaminhada ao Senado. A PEC é uma iniciativa dos mais de 400 deputados e senadores de todos os partidos integrantes da Frente Parlamentar Mista da Cultura, que estabelece um piso mínimo de 2% do orçamento federal; 1,5% do orçamento estadual e 1% do orçamento municipal para a cultura. Conta com o apoio de artistas e produtores de todo o país.

Vale-Cultura – Primeira política pública voltada para o consumo cultural, o Vale-Cultura, no valor de R$ 50, possibilitará aos trabalhadores adquirir ingressos de cinema, teatro, museu, shows, livros, CDs e DVDs, entre outros produtos culturais. O projeto de lei nº 5798/2009 foi aprovado na Câmara dos Deputados em outubro do ano passado, com emendas que estenderam o benefício a servidores públicos federais, a estagiários e também a aposentados, sendo que para estes o valor é de R$ 30. No Senado, o projeto recebeu duas emendas que ampliam o leque de serviços e produtos culturais previstos na proposta do Poder Executivo, incluindo periódicos. As emendas dos senadores foram aprovadas pelas comissões que analisam a matéria na Câmara. O PL segue para votação em plenário e, posteriormente, para sanção do presidente da República. Confira mais detalhes no Blog do Vale-Cultura.

Cultura como Direito Social - Proposta que reconhece a Cultura como direito social na Constituição Federal (PEC 236/2008), aguarda constituição da comissão especial que vai analisá-la na Câmara dos Deputados.

Procultura – Após uma ampla e democrática consulta pública, o projeto de atualização da Lei Rouanet pretende corrigir as distorções na lei atual. As principais alterações são o fortalecimento e desburocratização do Fundo Nacional de Cultura, a democratização do acesso à produção cultural e o estímulo para que o setor privado invista na economia da cultura. A matéria foi anexada ao PL 1139/2007 e aprovada na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio da Câmara dos Deputados. Sua tramitação tem regime de prioridade e caráter conclusivo. Agora será analisada pela Comissão de Educação e Cultura (CEC), depois segue para apreciação nas comissões de Finanças e Tributação e de Constituição e Justiça e de Cidadania, antes de ir para o Senado.

Fundo Social do Pré-Sal – O PL 5940/09 foi aprovado com emendas no Senado Federal e retornou à Câmara dos Deputados para apreciação das modificações. O projeto prevê que uma parte dos recursos arrecadados com a exploração da camada de petróleo Pré-Sal será destinada à cultura. O Fundo também beneficiará ações de combate à pobreza, ciência e tecnologia, educação e meio ambiente.

O anteprojeto que moderniza a Lei de Direito Autoral (Lei 9.610/1998) esteve em consulta pública. A proposta visa promover o equilíbrio entre o direito de quem cria, o direito de quem investe e o direito de toda sociedade de ter acesso à cultura, à informação e ao conhecimento.

O Simples da Cultura foi aprovado pelo Congresso Nacional em dezembro do ano passado e tornou-se a Lei 133/2009. Reduz a carga tributária para produções cinematográficas, artísticas e culturais, corrige uma distorção criada em dezembro de 2008, quando o setor foi enquadrado de forma inadequada no chamado Supersimples. A alíquota mínima passa a ser de 6%, em vez de 17,5%. Dados do IBGE indicam que 5% das empresas brasileiras desempenham atividades culturais. O setor emprega mais de 1 milhão de pessoas.

Fonte: Assessoria de Comunicação, Ibram/MinC

Data de Publicação: 09/11/2010

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

DIVULGANDO ..:: Seminário "Museu da Educação do DF: uma realidade em construção" ::..


Temos a satisfação de convidá-los para o Seminário "Museu da Educação do Distrito Federal: Uma realidade em construção", a ser promovido pela equipe vinculada ao projeto "Memória da Educação do Distrito Federal" no dia 09 de novembro de 2010,das 8h30 às 18h, no Auditório da Faculdade da Ciência da Informação (ao lado da BCE - Biblioteca Central).

O Seminário em questão tem a finalidade de promover ampla discussão sobre o plano museológico formulado para o Museu da Educação do Distrito Federal, que terá sede na Candangolândia, mediante a reconstrução da Escola Júlia Kubitschek - a primeira escola pública do DF. O debate acerca do tema fundamentar-se-á na concepção do Museu como espaço de memória viva da ação educativa dos pioneiros da nova Capital e de valorização do professor.

A programação do Seminário prevê a realização de duas mesas-redondas: uma, pela manhã, das 08h30 às 12h00, que versará sobre o tema “Projeto Museológico do Museu da Educação do Distrito Federal: espaço de memória, pesquisa e educação”; e outra, à tarde, de 14h30 às 18h00, intitulada “Museu da Educação: espaço de práticas a serviço da sociedade”.

As inscrições para o Seminário poderão ser efetuadas pelo endereço eletrônico www.semanadeextensao.unb.br  ou diretamente, na data de realização do Seminário a partir das 08h00. Confira a programação clicando aqui.

RESUMO
08h30 - 18h
Seminário
Museu da Educação do Distrito Federal
Coordenador: Eva Waisros Pereira
Público: Pesquisadores, professores, estudantes, professores pioneiros, docentes em exercício na rede pública de ensino, comunidade da Candangolândia e público em geral.
Unidade Executora: Faculdade de Educação - FE
Objetivo: Socializar o plano museológico do Museu da Educação do Distrito Federal, com vistas a buscar subsídios para o seu aprimoramento e dar legitimidade à instituição.
Local: Biblioteca Central - BCE, Auditório da Faculdade da Ciência da Informação


quinta-feira, 4 de novembro de 2010

CONVITE ..:: 14º Encontro REMIC-DF ::..


A Rede de Educadores em Museus e Instituições Culturais do Distrito Federal – REMIC-DF, surgiu em 2008, a partir de experiências bem sucedidas como a Rede de Educadores em Museus do Rio de Janeiro – REM, com o propósito de integrar os profissionais que atuam junto a projetos de cunho educativo e/ou patrimonial em museus e instituições culturais de Brasília e do entorno.

Convictos de que a educação é o mais eficiente recurso no enfrentamento dos problemas e desafios gerados pela sociedade contemporânea globalizada, a REMIC-DF se propõe a ser mais um instrumento de integração e desenvolvimento dos profissionais e ações educativas realizadas nos espaços de educação não formal. Entre suas atividades, a REMIC-DF realiza encontros mensais com o objetivo de congregar, discutir e refletir sobre as práticas educativas e/ou patrimoniais em Museus e Instituições Culturais no Distrito Federal e região do Entorno.

É com esse intuito que a REMIC-DF convida estudantes, mediadores, educadores, técnicos e demais profissionais de Museus e Instituições Culturais para seu 14º Encontro a ser realizado no dia 04 de Novembro (quinta-feira) no Auditório da Faculdade de Ciência da Informação (ao lado da Biblioteca Central - UnB), às 16h, integrando a programação do II Ciclo de Palestras do Curso de Museologia da UnB. Acompanhando o tema do evento, convidamos os palestrantes Juliana Teixeira (REM-RJ) e Aterlane Martins (REM-CE), integrantes de redes parceiras, para, junto com a REMIC-DF, compartilharem as ações e iniciativas promovidas em seus estados em prol da articulação e formação dos profissionais da Educação em Museus e Instituições Culturais. Para conferir a programação completa do II Ciclo de Palestras, acesse a postagem anterior do nosso blog.

Maiores informações: remicdf@gmail.com 

RESUMO
Local: Auditório da Faculdade de Ciência da Informação (ao lado da Biblioteca Central - UnB)
Data: 04 de Novembro de 2010
Horário: 16 horas
Público alvo: guias turísticos, professores, estudantes, mediadores, educadores, técnicos e demais profissionais de Museus e Instituições Culturais e público interessado – não é necessário inscrição, evento aberto ao público.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

DIVULGANDO ..:: Aula Magna Museologia UnB 2010.2 | II Ciclo de Palestras | 14º Encontro REMIC-DF ::..


A Rede de Educadores em Museus e Instituições Culturais do Distrito Federal tem o prazer de convidá-los e também divulgar a realização da Aula Magna da turma 2010.2 do Curso de Museologia da Universidade de Brasília que acontecerá amanhã à noite. A Aula Marga abrirá a programação do II Ciclo de Palestras do curso que terá como tema a Educação em Museus. Com nomes de importância nacional e internacional na área, o evento também contará com a participação da REMIC-DF, realizando seu 14º Encontro, integrando a programação do dia 04 de novembro. O evento é aberto ao público, não havendo necessidade de inscrição. 

Para maiores informações: remicdf@gmail.com. Acesse a programação completa clicando aqui.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

DIVULGANDO ..:: Conhecendo os Museus do DF ::..


O Distrito Federal sedia 67 instituições museológicas. Tramita na Câmara Legislativa Projeto de Lei que dispõe sobre a criação do Sistema de Museus do Distrito Federal. Atenta a essa realidade e no intuito de dar continuidade às suas ações na área de Museologia, a Diretoria de Gestão do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural – DIGEPHAC lançou o Programa Conhecendo os Museus do DF, que tem como objetivos estabelecer canais de discussão sobre a realidade dessas instituições, promover a interação e a troca de experiências entre os profissionais, aumentar a visitação nesses espaços, consolidando-os no circuito de turismo do DF.

A seguir, a programação completa:

- 26/10/2010 às 15h: Museu Ariovaldo Vulcano (SGAS 913, Módulo 60/61, Sede Grande Oriente do Brasil);

- 23/11/2010 às 9h30min: Museu de Valores do Banco Central (SBS QD 03, Edifício Sede do Banco Central). Obs.: Levar documento de identidade.

Encontros que já aconteceram:

- 17/08/2010 às 15h: Museu da Imprensa (SIG QD 06, Lote 800);

- 31/08/2010 às 14h30min: Museu Vivo da Memória Candanga (EPIA SUL, SPMS, Lote D - Núcleo Bandeirante);

- 14/09/2010 às 9h: Museu do Automóvel (SGON QD 01, Nº 205, próximo à Escola de Governo do DF - EGOV);

- 28/09/2010 às 9h30min: Museu da Limpeza Urbana (QNP 28, Área Especial s/nº, Usina de Reciclagem, P. Sul - Ceilândia);

- 13/10/2010 às 15h: Museu Histórico e Artístico de Planaltina (Pç. Salviano Monteiro, Nº 24, Setor Tradicional - Planaltina);

Não é necessário fazer inscrição para participar da visita. Compareça! Divulgue!

Para inscrever o museu em que você atua entre em contato com a DIGEPHAC. A programação de 2010 ainda dispõe da data de 09 de novembro.



Diretoria de Gestão do Patrimônio Histórico Artístico e Cultural – DIGEPHAC
Secretaria de Estado de Cultura do DF
diretoriadepatrimonio@gmail.com – 3325-6281 ou 3325-6231

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

DIVULGANDO ..:: Lançamento BRASILÍADA ::..




SOBRE O LIVRO BRASILÍADA

durante a construção de brasília/ o tempo não existia.

A cada poema, letras minúsculas e poucas palavras — suficientes para deslocar certezas e transportar o leitor a outra dimensão, não-lugar onde passado, presente e futuro se fundem e a história oficial se turva diante das visões do autor. Então começa o bombardeio de imagens. Os profetas silenciam, o ufanismo se desmancha. Aos poucos, a capital desmorona dentro do leitor. Em meio às ruínas, o poeta-arqueólogo  junta peças da memória e do desejo para reinventar a cidade inventada. Convém, contudo, não se iludir ao longo da vertiginosa jornada de sucessivos alumbramentos; se o ponto de partida é a Ilíada de Homero e esgares de Clarice e Drummond surgem ao longo do percurso, o guia não enleva nem amacia — prefere  cegar nossas retinas com o que sobrou da própria perplexidade. Não sem humor, percorre antigas  civilizações para confrontá-las com a cidade perdida dos candangos. Emudece oráculos, desenterra carimbos, decifra esfinges, escracha burocratas, desmonta maquetes.

teu passado sou eu/ e tua tradição começa aqui.

Impiedoso, amoroso, amargurado, épico, estoico, apocalíptico, desintegrado; dono do seu labirinto. Eis Nicolas Behr, o homem que pega Brasília pelas asas e a arremessa contra os mitos.

Carlos Marcelo

----------------------------------------------------------

SE VOCÊ ACHA QUE SABE TUDO SOBRE BRASILIA
ACESSE O SITE

domingo, 10 de outubro de 2010

DIVULGANDO ..:: Curso de Formação em Arte-Educação ::..


Confira: participação da REMIC-DF no corpo de palestrantes do I Curso de Formação de Arte-Educadores em Espaços Culturais de Brasília. Inscreva-se! Mais informações em VANGUARDA - Arte-Educação e Cultura


Folder (frente)


Folder (verso)

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

EDITAL ..:: UNESCO - artistas, escritores e músicos ::..

Programa concede bolsas para artistas plásticos, escritores e músicos

O Fundo Internacional para a Promoção da Cultura lançou, no dia 27 de agosto, edital para concessão de bolsas do programa “UNESCO-Aschberg para Artistas”, que promove a mobilidade dos jovens artistas por meio de residências artísticas no exterior.

O edital é aberto a artistas plásticos, escritores e músicos entre 25 e 35 anos de idade. A lista de bolsas disponíveis para 2011 já está disponível. Para ter acesso a ela, bem como para obter instruções completas sobre os procedimentos e prazos de candidatura, entrar em contato pelo endereço eletrônico aschberg@unesco.org. Por esse e-mail, também pode-se esclarecer dúvidas relativas à bolsa de estudos.

domingo, 19 de setembro de 2010

DIVULGANDO ..:: Mostra de filmes da cineasta MARIA COELI ::..

A Biblioteca Demonstrativa de Brasília, ainda comemorando os 50 anos de Brasília, convida V.Sa. e família para uma Mostra de filmes da cineasta Maria Coeli que promoverá, a partir do dia 20 de setembro (2ª feira). Na primeira exibição, serão apresentados os filmes “A história do Núcleo Bandeirante” e “A história de Brazlândia”. A sessão terá início às 19h30 na Biblioteca (Av. W3 Sul EQ 506/507) com Entrada Franca. A indicação de faixa etária para o evento é livre.

Os filmes "A história do Núcleo Bandeirante" e "A história de Brazlândia" fizeram parte de um projeto da Secretaria de Estado da Educação do Distrito Federal chamado "Raízes", desenvolvido entre 1982 e 1983, no Núcleo de Tecnologia dessa secretaria. O objetivo do projeto era mostrar aos estudantes da rede pública o surgimento e o desenvolvimento dessas cidades.

Em “A história do Núcleo Bandeirante“ a narrativa inicia-se com um preâmbulo sobre as dificuldades encontradas pelo então Presidente JK para a construção de Brasília. O filme baseia-se nas reuniões das associações de moradores da cidade que desejavam manter a estrutura original da cidade. O deputado Breno da Silveira (PSB-RJ) sugeriu a solução de criar uma personalidade para a Cidade Livre e como amigo de Jango Goulart foi até ele e conseguiu o ato de criação da primeira cidade satélite do Distrito Federal.  

A história de Brazlândia” é o resultado de uma coleta da história oral de seus personagens pioneiros. Eles próprios não tinham a noção de haver construído a cidade. Brazlândia é mais antiga do que Brasília e situa-se na estrada que liga Formosa e Anápolis. Era um ponto de parada da "jardineira" para os viajantes. Brazlândia fazia parte do município de Luziânia, onde criavam gado e produziam leite, um povo de vocação agrária.

Maria Coeli veio de Belo Horizonte para Brasília com 17 anos e aqui descobriu sua vocação. Veio para estudar Arquitetura mas formou-se em Comunicação Social e Educação Artística. Dedica-se a educação, cultura, cinema, teatro, poesia, pintura e escultura no Distrito Federal.

Maiores informações pelo telefone 3244-3015.

Contamos com sua presença!

domingo, 12 de setembro de 2010

DIVULGADO ..:: Conhecendo os Museus do DF ::..


O Distrito Federal sedia 67 instituições museológicas. Tramita na Câmara Legislativa Projeto de Lei que dispõe sobre a criação do Sistema de Museus do Distrito Federal. Atenta a essa realidade e no intuito de dar continuidade às suas ações na área de Museologia, a Diretoria de Gestão do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural – DIGEPHAC lançou o Programa Conhecendo os Museus do DF, que tem como objetivos estabelecer canais de discussão sobre a realidade dessas instituições, promover a interação e a troca de experiências entre os profissionais, aumentar a visitação nesses espaços, consolidando-os no circuito de turismo do DF.

A terceira visita do Programa será ao Museu do Automóvel dia 14/09, próxima terça-feira, às 9h.

Confira a programação completa e participe:

- 17/08/2010 às 15h: Museu da Imprensa (SIG QD 06, Lote 800);

- 31/08/2010 às 14h30min: Museu Vivo da Memória Candanga (EPIA SUL, SPMS, Lote D - Núcleo Bandeirante);

- 14/09/2010 às 9h: Museu do Automóvel (SGON QD 01, Nº 205, próximo à Escola de Governo do DF - EGOV);

- 28/09/2010 às 9h30min: Museu da Limpeza Urbana (QNP 28, Área Especial s/nº, Usina de Reciclagem, P. Sul - Ceilândia);

- 13/10/2010 às 15h: Museu Histórico e Artístico de Planaltina (Pç. Salviano Monteiro, Nº 24, Setor Tradicional - Planaltina);

- 26/10/2010 às 15h: Museu Ariovaldo Vulcano (SGAS 913, Módulo 60/61, Sede Grande Oriente do Brasil);

- 23/11/2010 às 9h30min: Museu de Valores do Banco Central (SBS QD 03, Edifício Sede do Banco Central). Obs.: Levar documento de identidade.

Não é necessário fazer inscrição para participar da visita. Compareça! Divulgue!

Para inscrever o museu em que você atua entre em contato conosco. A programação de 2010 ainda dispõe da data de 09 de novembro.

Diretoria de Gestão do Patrimônio Histórico Atístico e Cultural - DIGEPHAC
Secretaria de Estado de Cultura do DF
diretoriadepatrimonio@gmail.com / 3325-6281 ou 3325-6231